pokerstars

SEÇÕES

Apoliana Oliveira

Comentarista de política do Jogo do Poder. Jornalista, formada na Universidade Federal do Piauí.

Exclusivo Câmara de Teresina volta aos trabalhos com três desafios para o líder

Uma delas diz respeito à operação de crédito de R$ 49 milhões com a Caixa Econômica Federal, cujos termos terão de ser retificados

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Navolta dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal de Teresina, na próxima terça-feira (1º/08), pelo menos três pautas do Executivo devem movimentar as discussões na Casa.Uma delas diz respeito à operação de crédito de R$ 49 milhões com a Caixa Econômica Federal, cujos termos terão de ser retificados, demandando a aprovação do Plenário.

O líder do prefeito Dr. Pessoa (Republicanos) na Câmara, o vereador Antônio José Lira (Republicanos), explica que a mudança é simples, porém exigirá a articulação do Palácio junto à base aliada. “É só uma atualização da garantia do FMP. Quando eles tiveram o projeto aprovado, quando demorou muito, precisou atualizar essa garantia”, explica o parlamentar. 

Líder do prefeito Dr. Pessoa (Republicanos) na Câmara, o vereador Antônio José Lira (Republicanos)

Os recursos desta operação são destinados à construção de casas populares no Loteamento Camboa (302) e no Conjunto Leonel Brizola (120). Na primeira retificação do texto, foram diversas as tentativas da base em conseguir a aprovação. Por duas vezes, o plenário chegou a ser esvaziado.

A Câmara terá de analisar ainda o veto do Executivo ao reajuste salarial de técnicos em radiologia, educadores físicos e psicólogos, previsto em emenda aprovada pelos vereadores, ao texto do projeto que garantiu o reajuste salarial para assistentes sociais e servidores da Fundação Municipal de Saúde.

“Cada vereador tem sua autonomia e sua independência para votar da melhor forma possível. Quando esse projeto teve a sua primeira votação, todos votaram pela inclusão das classes. Eu acredito que os que votaram devam manter sua votação. O que eu posso me comprometer enquanto presidente é que os projetos que estão aqui serão pautados, assim como todo e qualquer tipo de documentação, nós vamos dar celeridade, para que possa ir o quanto antes para o Plenário”, avalia o presidente da Câmara de Teresina, Enzo Samuel, um dos defensores da inclusão das categorias no texto aprovado. 

Também deve gerar discussão a votação de um pedido de suplementação ao orçamento da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), no valor de R$ 1.650.000,00. 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
pokerstars Mapa do site

1234