pokerstars

SEÇÕES

Como escolher o melhor repelente contra a dengue? Especialista indica

Brasil enfrenta uma epidemia da doença, com o registro de mais de 360 mil casos prováveis e 40 mortes apenas no mês de janeiro

Doença viral transmitida por mosquitos que ocorre em áreas tropicais e subtropicais | Reprodução: Internet
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Um grande aliado no combate a dengue são os repelentes de uso tópico, ou seja, aplicados na pele, principalmente no cenário atual onde vivemos uma epidemia da doença, com o registro de mais de 360 mil casos prováveis e 40 mortes apenas no mês de janeiro, de acordo com dados do Painel de Monitoramento das Arboviroses divulgado na terça-feira (6).

Para comprar um repelente surgem diversas dúvidas sobre qual a melhor fórmula, qual mais eficaz, modo de aplicação (spray ou creme) e tempo de reaplicação. Especialistas ouvidos pelo jornal Metrópoles esclareceram as principais questões relacionadas a esse tema. 

Qual o melhor repelente?

Os repelentes contra o mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, devem conter Icaridina, IR3535 ou DEET (dietil-m-toluamida) na fórmula. A eficácia do produto está relacionada à concentração dos princípios ativos. “Quanto maior a concentração do composto, maior é a duração da proteção do repelente nas áreas aplicadas”, afirma a médica Maria Isabel de Moraes-Pinto, infectologista do Exame Medicina Diagnóstica e consultora de vacinas da rede Dasa.

Qual é a concentração indicada do princípio ativo?

O ideal é que o repelente tenha concentração acima de 20% de Icaridina ou de 30% a 50% de DEET para garantir a proteção de longa duração. Produtos com concentração mais baixa oferecem proteção contra o mosquito, mas devem ser aplicados com maior frequência.

Quando reaplicar o repelente?

As recomendações de uso descritas no rótulo de cada produto, com intervalo de reaplicação, devem ser seguidas à risca. “Em geral, um produto com 12,5% de DEET proporciona proteção equivalente a 6 horas. Com 25%, o tempo de proteção aumenta para 8 horas”, explica o clínico geral Arthur Seabra, coordenador da Emergência do Hospital Santa Lúcia, de Brasília.

Os repelentes com Icaridina em concentração de 10% conferem proteção por um período de três a cinco horas. Com 20%, de 8 a 10 horas. “Eles devem ser aplicados sempre em quantidades adequadas ao tamanho das áreas expostas”, considera Seabra.

Qual é o melhor repelente: spray ou creme?

O repelente em spray é o mais fácil e rápido de aplicar, mas pode ficar mal distribuído na pele se não for espalhado logo na sequência. O clínico geral Arthur Seabra não recomenda produtos em spray para pessoas com problemas respiratórios. Em contrapartida repelente em creme cobre toda a pele e penetra mais, o que pode causar reações alérgicas em pessoas com pele sensível.

Possui contraindicação?

AAgência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) orienta que os produtos à base de DEET não devem ser usados em crianças menores de dois anos. Entre os 2 anos e 12 anos, a concentração máxima do produto deve ser de 10%, com a aplicação restrita a até três vezes por dia.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
pokerstars Mapa do site